O clima organizacional de uma empresa rural é fundamental para se obter bons resultados no Agronegócio, e o motivo disso é muito simples: sua empresa rural é formada por pessoas.

São as pessoas que fazem a semeadura, os tratos culturais e a colheita acontecerem (ou então as vendas e o atendimento ao cliente, no caso de empreendimentos rurais à jusante ou à montante da porteira).

Portanto, a satisfação dos colaboradores, a motivação e o bem-estar são fundamentais para se obter bons resultados.

Esses são alguns dos fatores que constituem o clima organizacional de uma empresa rural.

Quem realiza um trabalho de forma feliz e com empolgação, o executa com desempenho superior.

E isso é facilmente percebido na nossa rotina.

Quando você vai trabalhar satisfeito e motivado em local onde há um clima agradável, o tempo parece passar mais rápido e as metas ficam mais simples de serem alcançadas.

Além disso, você se sente ainda mais confiante e disposto a pensar em ideias e soluções para eventuais inovações ou problemas, respectivamente.

Isso é verdadeiro para qualquer nível da organização rural.

Não importa se sua empresa tem milhares de funcionários ou se você está envolvido em um trabalho com um grupo de colegas da faculdade.

Esse é o motivo da gestão de pessoas ter ganhado cada vez mais espaço nas maiores empresas do mundo.

Os administradores e empreendedores perceberam que o sucesso, diante de um alto nível de competitividade, passa pelos recursos humanos.

Ou seja, as pessoas são um fator capaz de conferir vantagem competitiva ao seu negócio.

E isso passa por etapas que vão desde a identificação de talentos até a criação de estratégias de diminuição de rotatividade de pessoas e de melhorias no clima organizacional.

Sendo assim, uma das principais preocupações da gestão de pessoas é com o clima organizacional da empresa.

Para isso, há uma série de estratégias que visam diagnosticar o clima organizacional.

Com isso, é possível perceber as lacunas existentes e atuar de forma corretiva conforme seu interesse e julgamento.

Exemplo disso é, se através de uma pesquisa de satisfação, você identificasse que os colaboradores do setor de insumos do seu Agronegócio estão descontentes com o gerente.

Esse descontentamento pode ser em função de várias razões, tais como os períodos disponíveis para férias, falta de comunicação, ou até mesmo ausências injustificadas com frequência.

Nesse contexto, você teria que decidir, em conjunto, ou não, com outros colaboradores com função de gerência sobre qual a melhor solução para o problema.

Essa solução não deve deixar de considerar fatores como o histórico dos colaboradores envolvidos e a confirmação das falhas apontadas.

Se você deseja saber tudo sobre clima organizacional e como melhorá-lo no seu Agronegócio, continue a leitura!

O que é o Clima Organizacional

Podemos considerar o clima organizacional de uma empresa como a satisfação, motivação e o comportamento dos colaboradores com o ambiente de trabalho.

O ambiente de trabalho engloba todos os aspectos referentes ao trabalho e vivenciados pelo colaborador, incluindo remuneração, relação com outros membros e segurança, por exemplo.

Em outras palavras, o clima organizacional reflete o entusiasmo do colaborador em sair da cama pela manhã para desempenhar seu cargo e os fatores que influenciam isso.

Nesse caso, a organização pode ser qualquer negócio, de pequeno ou grande porte, que envolva pessoas e demande sua gestão.

Conhecendo melhor o que é o clima organizacional, você pode pensar em como essa informação pode melhorar o desempenho do seu negócio.

Com a rotina acelerada e a agenda lotada, é natural que esqueçamos ou deixamos algumas tarefas para depois.

Porém, fazemos isso com tarefas que julgamos serem menos importantes.

Esse não é o caso do clima organizacional.

Você não pode esquecer que são pessoas que executam atividades chaves no dia a dia da empresa.

É uma pessoa que vai operar máquinas como os pulverizadores e, nesse caso, a aplicação correta de defensivos depende dos cuidados de quem for executá-la.

E quem desempenha sua função satisfeito e motivado a executa melhor.

Logicamente, nossa primeira preocupação é sobre como iremos garantir que haja um bom clima organizacional na sua empresa.

Para isso, precisamos saber como está o clima organizacional atualmente.

Deste modo, você poderá identificar a necessidade ou não de providenciar mudanças em algum processo.

Isso é realizado por meio do diagnóstico do clima organizacional.

 

Técnicas de Vendas e Marketing no Agronegócio
Técnicas de Vendas e Marketing no Agronegócio

 

Como diagnosticar o clima organizacional

O diagnóstico do clima organizacional da empresa visa levantar dados sobre a opinião e satisfação dos colaboradores com uma série de fatores a serem definidos.

Esses fatores geralmente estão associados a itens como a satisfação com a gerência, com os demais colaboradores e com as normas da empresa.

Entretanto, outras variáveis podem ser sugeridas por você e colocadas na pesquisa para o diagnóstico do clima organizacional.

 

Como o clima organizacional pode melhorar seus resultados no Agro

 

Quadro 1. Exemplo de pesquisa sobre o clima organizacional.

Fonte: Almeida et al. (2015). Clima Organizacional em uma Empresa Ligada ao Agronegócio. FACEF Pesquisa-Desenvolvimento e Gestão, 18(1).

No Quadro 1, é mostrado um exemplo de parte de pesquisa de clima organizacional. Para conferi-la integralmente, acesse este link.

Para cada afirmação, o colaborador poderá assinalar uma dentre a seguintes opções: (1) discorda totalmente; (2) discorda; (3) indiferente; (4) concorda e (5) concorda totalmente.

No final, você poderá identificar os quesitos que causam maior satisfação ou, se for o caso, maior descontentamento entre os colaboradores.

Deste modo, é possível tomar decisões e agir com base em informações sólidas sobre o clima organizacional do negócio.

Baseado no quadro apresentado, se 80% dos colaboradores marcassem a opção discorda totalmente ou discorda nas afirmativas sobre o estilo de gestão, identificaríamos uma insatisfação geral.

Essa insatisfação provavelmente seria função de falta de espaço para os colaboradores exporem suas ideias e opiniões.

Que posição sua empresa teria nesse caso? Assumiria que a tomada de decisão é apenas da gerência e que o colaborador tem que respeitar isso ou daria mais espaço para expressão de opiniões?

A resposta dependerá muito do perfil e da cultura da sua empresa.

Porém, nos dias de hoje, as maiores e mais bem-sucedidas empresas do mundo incentivam fortemente a iniciativa dos seus colaboradores, independentemente do cargo.

Isso é justificado por diversos fatores.

O operador de determinada máquina ou equipamento conhece essa rotina e os gargalos melhor do que ninguém.

Dessa forma, incentivá-lo para encontrar soluções para problemas ou inovações simples que aumentem a eficiência do trabalho é ótimo para a empresa.

Além disso, o colaborador fica feliz ao perceber que tem voz na empresa, ou seja, suas ideias podem ser ouvidas desde que sejam boas, melhorando o clima organizacional.

Algumas empresas, inclusive, promovem programas de reconhecimento para estimular esses casos.

Como melhorar o clima organizacional

Baseado no diagnóstico feito, você deverá desenvolver um plano de ação voltado para manter os bons resultados e melhorar os pontos negativos.

Evidentemente, esse plano de ação também será influenciado pela cultura da sua empresa.

Existem alguns fatores que são, com frequência, identificados como geradores de insatisfação em pesquisas de clima organizacional.

Esses fatores englobam a insatisfação com comunicação junto aos gerentes, remuneração e plano de carreira, como aponta estudo desenvolvido em uma cooperativa do RS.

A comunicação clara com os colaboradores é essencial para o alinhamento de metas, objetivos e para consolidar o perfil da empresa.

Caso sejam encontrados problemas deste tipo é importante identificar as causas e solucioná-los.

Agendamento de reuniões com maior frequência para repasse de resultados parciais e discussão de problemas, provendo espaço para manifestação de todos, é uma opção interessante.

A remuneração é algo bastante pessoal da sua empresa, baseada em critérios predefinidos e acordada com o colaborador no momento da sua admissão, cabendo a ele aceitar ou não.

Porém, é importante atualizar esses valores com o decorrer do tempo para que não sejam ultrapassados e para que não fiquem destoantes do restante do mercado.

O plano de carreira consiste em investir em desenvolvimento dos seus colaboradores, gerando, por consequência, evolução e promoção para outros cargos.

Essa é uma prática que deve ser incentivada e executada sempre que possível.

O colaborador fica motivado ao saber que há a possibilidade de subir posições no nível hierárquico da empresa se efetuar um bom trabalho e desenvolver outras aptidões com o auxílio ou incentivo da organização.

Além disso, existem inúmeras formas de se promover o clima organizacional, basta você escolher alguma delas.

Programas de reconhecimento para colaboradores que batem metas ou se diferenciem positivamente dos demais são muito comuns e efetivos.

Esse reconhecimento não é, necessariamente, traduzido em dinheiro.

Muitas vezes, o reconhecimento do colaborador em reuniões gerais da empresa, valorizando a pessoa, é suficiente para promover o clima organizacional.

Como manter um bom clima organizacional

Considerando que, através da execução das etapas discutidas no texto até aqui, você conseguiu obter um bom clima organizacional na empresa.

Agora, a preocupação é sobre como mantê-lo.

A manutenção do bom clima organizacional depende do agendamento de ações em um plano de gestão de pessoas.

Essas ações devem prezar pela periodicidade da execução de pesquisas sobre o clima organizacional da empresa (a cada 6 ou 12 meses).

Dessa forma, você será capaz de monitorar eventuais mudanças na percepção dos colabores, as quais podem ocorrer em função de vários fatores.

Apesar de ter resolvido eventuais problemas, sempre será importante monitorar o surgimento de outros.

Só assim você poderá tomar medidas preventivas ao invés de medidas corretivas.

Caso esse monitoramento não seja feito, você só saberá dos problemas quando os resultados do negócio piorarem ou quando ocorrerem problemas mais sérios com demissão ou de relação entre pessoas.

Essa lógica é muito parecida com o tratamento que damos ao nosso carro.

Se, eventualmente ele apresentar defeito e você leva-lo à oficina para conserto, após a solução do problema ainda será necessário fazer a revisão após certos intervalos de tempo ou conforme a quilometragem percorrida.

O clima organizacional da empresa quando corrigido também demandará cuidado de manutenção e revisão para que não volte a apresentar problemas.

Como você não quer deixar de lucrar e tampouco perder bons trabalhadores, a melhor alternativa é continuar investindo na manutenção do bom clima organizacional.

A pesquisa a ser feita pode ser efetuada sempre com o mesmo questionário, deixando aberto o espaço para adaptações e inserções de novos itens que puderem ser julgados importantes.

Sendo assim, pode ser necessário que você tome novas atitudes para voltar a melhorar o clima organizacional da empresa com base nos novos resultados.

Isso demonstra um processo cíclico de planejamento, monitoramento e ação, sendo muito semelhante ao preconizado pelo ciclo PDCA.

Como o clima organizacional melhora os resultados do seu negócio

Talvez identificar como que o clima organizacional proporciona maior produtividade, melhores resultados e, como consequência, maior lucro pode ser difícil.

Isso acontece porque não é tão simples converter melhorias no clima organizacional em produtividade ou em lucro como fazemos em fatores como a adubação.

Quando aplicamos ureia no solo sabemos que, ao isolar o efeito de outros fatores, que determinada quantidade de nitrogênio resultará em certa quantidade de grãos a mais, por exemplo.

Já o clima organizacional ruim gera quedas de rendimento em operações rotineiras, falta de interesse dos colaboradores em cooperar e buscar soluções para eventuais imprevistos.

Todos esses fatos resultam no pedido de demissão do colaborador ou no desligamento por iniciativa do próprio gerente.

Muitas vezes, esse colaborador desligado possui uma grande capacidade técnica e perdê-lo não seria interessante.

Esse tempo em que o colaborador entrega resultados aquém da sua capacidade até a sua troca por outra pessoa que precisará ser selecionada e treinada prejudica o andamento do negócio.

E caso os fatos geradores de insatisfação responsáveis por tornar o clima organizacional ruim não forem identificados e corrigidos, mais colaboradores seguirão o mesmo roteiro, inclusive os recém-admitidos.

Por outro lado, uma equipe motivada, contente e qualificada é capaz de gerar vantagem competitiva.

Essa vantagem competitiva está relacionada com o aumento da eficiência, produtividade e geração de inovação.

Certamente, pessoas motivadas são mais interessadas em solucionar problemas através de ideias inovadoras, porém simples.

Foi isso que as maiores empresas do mundo perceberam e passaram a valorizar, aumentando, inclusive, o espaço para exposição de ideias de todos os colaboradores.

Resumindo, se o clima organizacional no seu negócio é bom, maiores são as chances de as metas e objetivos serem alcançados.

 

JUNTE-SE A MAIS DE 15.000 PROFISSIONAIS
Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos

JUNTE-SE A MAIS DE 15.000 PROFISSIONAIS
Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos

E-book empreendedorismo para profissionais do Agronegócio
E-book empreendedorismo para profissionais do Agronegócio