Como identificar a cultura organizacional da sua empresa rural

cultura organizacional agronegócio

Você sabia que hoje me dia a cultura organizacional tem um papel fundamental no desempenho de qualquer empresa, inclusive no setor rural?

Identificar a cultura organizacional que existe no seu empreendimento rural, e saber como aperfeiçoá-la é essencial para qualquer empreendedor do Agronegócio, independentemente do porte da empresa ou da propriedade rural.

Isso porque é a cultura organizacional que dita o modo como o seu negócio funciona e, consequentemente, a sua lucratividade.

Sem uma cultura organizacional eficiente, qualquer outra ação de gestão, principalmente a gestão de pessoas, acaba sendo ineficaz.

Até mesmo porque de nada adianta ter operações e tecnologias de ponta ou colaboradores plenamente qualificados, se eles não estão de acordo com a cultura organizacional da sua empresa rural.

Sendo assim, explorar esse aspecto e aperfeiçoá-lo é indispensável para quem deseja contar com uma boa gestão a frente do seu Agronegócio, identificando com mais facilidade os traços que tornam a sua marca única no mercado e melhorando o alinhamento operacional da sua empresa rural.

Continue lendo esse artigo e descubra:

  1. O que é a cultura organizacional de uma empresa rural
  2. Por que é preciso identificar a cultura organizacional
  3. Passos para identificar a cultura organizacional de uma empresa rural
  4. Como desenvolver uma cultura organizacional positiva

O que é a cultura organizacional de uma empresa rural

cultura organizacional agronegócio

A cultura organizacional é basicamente tudo aquilo que orienta o comportamento dos colaboradores ao longo do tempo, de forma amplamente compartilhada.

Idalberto Chiavenato, um dos mais respeitados autores neste tema, define a cultura organizacional como

o “conjunto de hábitos e crenças, estabelecidos através de normas, valores, atitudes e expectativas compartilhadas por todos os membros da organização”

A missão, a visão, os valores, as normas e políticas internas, o perfil estratégico, cada um desses elementos faz parte desse conceito.

A cultura organizacional não diz respeito apenas às coisas que estão escritas, mas também, àquelas que estão no cerne do seu Agronegócio, e que não precisam, necessariamente, estarem expostas em algum lugar.

Esse termo foi criado por Edgard Schein, professor do MIT (Massachusetts Institute of Technology) e PhD em Harvard.

Segundo ele, a cultura organizacional é um conjunto de premissas compartilhadas dentro do empreendimento.

Essas premissas foram aprendidas conforme o surgimento e resolução de problemas internos e externos, e hoje são compartilhadas entre todos.

Ainda segundo Edgard Schein, a cultura organizacional se divide em três níveis:

Artefatos

De forma resumida, são itens, objetos e artefatos que tornam visível a cultura organizacional.

Podemos citar, por exemplo, as sedes da Bunge Alimentos, uma das maiores empresas do setor de negócios.

Quando pensamos nos artefatos da cultura organizacional dessa empresa do Agronegócio, automaticamente as grandiosas unidades nos vêm à mente.

Elas refletem alguns dos principais conceitos que ditam o modo de funcionamento da marca: inovação, sustentabilidade e avanço constante, por exemplo.

Outro exemplo é o Google.

Quando pensamos em sua cultura organizacional, é impossível não associar este conceito aos escritórios com supermercados, áreas de jogos e até escorregadores para os funcionários.

Os artefatos nada mais são do que esses itens que refletem a cultura organizacional das empresas.

Crenças e valores adotados

As crenças e valores, basicamente, são as normas de conduta do Agronegócio.

Ou seja, as atitudes que devem ser compartilhadas, ou as ações que não são toleradas dentro do ambiente corporativo.

Elas são válidas para todos.

Desde o gestor ou o produtor rural, até os funcionários que atuam diretamente no campo.

É a forma de se comportar aceita e vigente na empresa rural.

Suposições básicas

As suposições básicas são tudo aquilo que os colaboradores assumem como sendo verdade na cultura organizacional da empresa rural.

Elas não estão escritas em nenhum lugar, mas todos sentem que aquilo é o correto.

Por exemplo, em épocas de colheita, todos se esforçam mais para que o trabalho seja finalizado antes que aconteça alguma chuva.

Isso não está escrito em lugar nenhum, mas é algo que é sentido e compartilhado por todos.

Por que é preciso identificar a cultura organizacional

cultura organizacional agronegócio

Identificar a cultura organizacional da sua empresa rural é fundamental.

Isso porque é por meio dessa identificação que é possível analisar quais os pontos negativos que estão prejudicando o modo do seu Agronegócio funcionar, bem como aqueles que podem ser aperfeiçoados.

Quando você sabe exatamente os elementos que tornam o seu negócio único, fica mais fácil criar um ambiente propício para avanços.

Ao identificar a cultura organizacional você consegue:

  • Trabalhar no aperfeiçoamento de processos e operações que estão obsoletos e estão prejudicando os rendimentos da sua empresa rural;
  • Criar ações estratégias que motivem os colaboradores a serem mais produtivos e felizes dentro do ambiente de trabalho;
  • Diminuir a rotatividade de funcionários, conhecida como turnover, que é extremamente prejudicial para empresas que desejam criar um time fortalecido e evitar custos com contratações e dispensas excessivas;
  • Tornar o ambiente de trabalho mais feliz e adequado, por meio da implantação de ações pontuais e gestão de pessoas.

Esses são apenas alguns dos benefícios de identificar e melhorar a cultura organizacional da sua empresa rural.

Mais do que uma forma de saber exatamente qual a “personalidade” e normas do seu empreendimento rural, esse tipo de atitude também te ajuda a buscar aperfeiçoamento.

Passos para identificar a cultura organizacional de uma empresa rural

cultura organizacional agronegócio

Antes de tentar aperfeiçoar a sua cultura organizacional, é essencial identificá-la.

É por meio dessa avaliação que será possível elencar os pontos positivos e negativos, e assim, trabalhar em cada um deles.

O processo de identificação precisa ser feito com calma.

Isso porque, é necessário observar uma série de aspectos do seu empreendimento rural para só então definir que normas e sentimentos ditam o modo de funcionamento.

Para identificar a cultura organizacional da sua empresa rural, você pode usar como ponto-de-partida os passos abaixo:

1. Analise os produtos

O que você produz e a maneira como a sua empresa rural faz isso diz muito sobre a cultura organizacional da sua marca.

Afinal de contas, é analisando a produção ou a prestação de serviço que será possível identificar o grau de qualidade, responsabilidade e inovação do seu Agronegócio.

Por exemplo, todos os seus produtos chegam até o consumidor com as identificações necessárias, para que eles possam saber coisas como valores nutricionais, por exemplo.

Isso demonstra que o seu empreendimento rural sempre está em busca de oferecer transparência para o consumidor final.

2. Como são feitas as operações e procedimentos internos?

O próximo passo para identificar a cultura organizacional da sua empresa rural, é verificar os procedimentos e operações que são realizadas dentro do seu Agronegócio.

Por meio dessa análise, é possível identificar não só o padrão do seu Agronegócio, mas também, dos colaboradores.

Por exemplo, todos os funcionários usam os EPIs necessários em todas as etapas de colheita, até a destinação final do produto.

Isso demonstra não só que o seu Agronegócio se preocupa com a segurança, mas que o seu quadro de colaboradores tem essa preocupação.

3. Veja qual é o código de conduta e normas internas

Observe também as regras que se aplicam dentro do seu Agronegócio, pois elas dizem muito sobre o modo de operação implantado e também sobre os funcionários da sua empresa rural.

Por exemplo, empresas rurais que tem normas internas mais restritivas, tendem a ter profissionais que valorizam a estabilidade no trabalho, principalmente a longo prazo.

Já as que possuem mais dinamismo dentro do ambiente interno, tendem a contar com colaboradores mais jovens, que estão dispostos a aderir a ações de motivação e métodos inovadores.

Todas as normas de conduta dentro do seu Agronegócio refletem a personalidade dele, bem como a possibilidade de avanço.

Por exemplo, regras obsoletas que não se adequam a nova realidade do Agronegócio demonstram que a cultura organizacional está presa na estagnação, o que pode prejudicar o seu negócio de modo geral.

4. Análise a comunicação entre colaboradores

O modo como os seus colaboradores se comunicam também diz muito sobre a cultura organizacional do seu empreendimento rural.

Se os gestores se comunicam entre si e conseguem ter um diálogo saudável com os demais colaboradores, isso demonstra que o seu Agronegócio tem pessoas preparadas e dispostas a dialogar.

Agora, se nenhum dos líderes troca informações, e sempre há dados errados sendo repassados, isso demonstra que a comunicação do seu empreendimento rural não é eficaz, o que pode estar atrapalhando o desempenho dele.

5. Verifique os rituais típicos do seu empreendimento

Outro passo fundamental para identificar a cultura organizacional da sua empresa, é analisar se existem rituais e eventos que já são tradicionais dentro do empreendimento rural.

Confraternizações de final de safra, reuniões antes da semeadura, relatórios sobre a rotina do dia.

Tudo isso reflete muito dos hábitos dos colaboradores e, consequentemente, da personalidade do seu Agronegócio.

É analisando esse dia-a-dia, que você terá condições de identificar como os funcionários atuam e de que maneira os processos são realizados.

Ou seja, você saberá exatamente como a sua empresa rural está funcionando.

Com esses cinco passos simples, fica mais fácil identificar a cultura organizacional, e se ela é positiva ou negativa.

Uma vez identificado os principais aspectos do seu empreendimento, ficará mais fácil criar um plano estratégico para melhorar os pontos negativos, e aperfeiçoar ainda mais os positivos.

Como desenvolver uma cultura organizacional positiva

cultura organizacional agronegócio

Para desenvolver uma cultura organizacional que seja positiva para a sua empresa rural, é fundamental que você tome algumas atitudes.

Elas irão te ajudar não só a identificar os pontos a serem melhorados, como, também, a criar hábitos que tornem esse aspecto do empreendimento rural saudável.

1. Identifique o “mapa genético” do seu negócio

A primeira coisa que você precisa fazer para ter uma cultura organizacional positiva é identificar o chamado “mapa genético” da sua empresa rural.

Ou seja, sua missão, visão e valores.

Esses elementos precisam transmitir realmente a personalidade da sua empresa rural, e não apenas refletir o que os visitantes querem.

Seja honesto e sincero ao elencar esses fatores.

Apenas dessa maneira você terá um ponto de partida sólido para começar.

2. Reúna os gestores e líderes

O segundo passo para elaborar uma cultura organizacional positiva é reunir todos os líderes e gestores.

Mesmo você sendo o dono do Agronegócio, muitas pessoas próximas podem passar informações importantes sobre o modo de funcionamento do seu empreendimento rural.

Muitas vezes você pode acreditar que ele funcione de uma maneira, e, na verdade, o dia-a-dia é completamente diferente.

Então sente com essas pessoas e descubra realmente como o seu empreendimento rural funciona.

3. Determine as normas a serem seguidas

Agora que você já sabe como é realmente o funcionamento do seu Agronegócio, é necessário elencar as normas a serem seguidas dentro da cultura organizacional.

Desde o modo de trabalho dos colaboradores até eventos a serem realizados no ambiente de trabalho.

É essencial que esse processo seja realizado em conjunto com representantes de cada departamento do seu Agronegócio.

De nada adianta criar um código que ninguém irá seguir pois não se adequa ao dia-a-dia.

4. Liste os artefatos e veja como aprimorá-los

Outra dica para que você consiga criar uma cultura organizacional eficaz para a sua empresa rural é litar e aprimorar os artefatos do seu Agronegócio.

Faça questionamentos simples aos seus colaboradores para determinar tudo aquilo que dá personalidade para a empresa rural:

  • Qual o código de vestimenta?
  • Com qual frequência as reuniões são realizadas?
  • Como são as instalações de cada departamento, e, também de convívio comum?
  • Existem rituais próprios do empreendimento?
  • De que forma os conflitos são resolvidos dentro da empresa?
  • É possível equilibrar o trabalho com a família?

Essas são apenas algumas das perguntas que você pode fazer aos seus funcionários para identificar os artefatos da sua cultura organizacional.

5. Identifique os valores

O que a sua empresa rural valoriza?

Determinar os valores do seu empreendimento rural também é fundamental para a cultura organizacional.

Você precisa elencar itens que realmente reflitam a personalidade dela, e que possam ser colocados em prática por todos os colaboradores.

Esses valores precisam estar de acordo com os artefatos para que eles possam ser sustentados.

Por exemplo, se um dos valores é proporcional equilibro profissional e pessoal para os funcionários, é necessário que a empresa rural tenha um horário de trabalho que permita isso.

6. Crie um plano de ação

Agora que você já sabe todos os elementos importantes que você deseja ter em sua cultura organizacional, é necessário criar uma estratégia para que eles aconteçam.

As ações podem ser desde a mudança de processos obsoletos, até reuniões diárias para que todos os colaboradores tenham em mente as tarefas mais importantes do dia.

Além de elencar quais atitudes precisam ser tomadas, bem como os valores e suposições básicas, é importante divulgar a cultura organizacional para todos os colaboradores.

Dessa forma, será mais fácil que todos passem a fazer parte dela, e, assim, a sua empresa rural terá um desempenho mais eficaz e melhores resultados.

JUNTE-SE A MAIS DE 15.000 PROFISSIONAIS

Entre para nossa lista e receba nossos conteúdos

Instituto Agro
administrator
Grupo de especialistas que elabora conteúdo online para que profissionais de excelência do Agronegócio tomem melhores decisões no seu dia-a-dia e conquistem melhores resultados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *