A entrevista de emprego é uma das últimas etapas antes de você conseguir aquela vaga tão desejada no Agronegócio.

Por isso, é um momento muito e importante e que nos deixa ansiosos e tensos com a necessidade de que tudo ocorra perfeitamente.

Para se preparar para a entrevista de emprego de uma vaga no Agronegócio, você precisa tomar uma série de cuidados, que incluem itens básicos, mas que são fundamentais para você obter a aprovação nessa etapa do processo seletivo.

É importante ressaltar que, embora não faça parte da entrevista de emprego, o primeiro passo para conseguir a vaga que você deseja no Agronegócio é preparar um bom currículo.

Neste link você tem acesso a uma série de modelos de currículos desenvolvidos por profissionais do Agronegócio que atuam no recrutamento e seleção de profissionais para propriedades rurais, consultorias e revendas agropecuárias.

Certamente, um currículo bom e organizado aumenta suas chances de ser chamado para a entrevista de emprego.

Isso é essencial para que os recrutadores percebam o motivo pelo qual você é um ótimo candidato para determinada vaga.

Assim você será selecionado para a entrevista de emprego.

Nessa etapa, representantes dos recursos humanos e da gerência da empresa irão se reunir com você e outros candidatos para decidir quem ficará com a vaga.

Logo, mesmo que seu currículo seja ótimo, é importante que você esteja preparado para a entrevista de emprego e possa se destacar.

Os requisitos para a vaga e o perfil da empresa podem variar bastante, mas algumas situações e perguntas aparecem na maioria das vezes.

É para essas situações que esse texto pretende preparar você.

Iremos dar 5 dicas fundamentais para você ir bem na entrevista de emprego.

Essas dicas incluem cuidados com a aparência, exemplos de perguntas frequentes e estratégias para destacar suas competências na entrevista de emprego.

Desse modo, se você é um profissional do Agronegócio e deseja melhorar o seu desempenho em futuros processos seletivos, continue a leitura deste artigo!

1. Cuide de sua aparência na entrevista de emprego

A primeira impressão que alguém desenvolve sobre você é influenciada diretamente pelo seu visual e pelo seu modo de agir nos primeiros minutos da entrevista de emprego.

Não se trata de preconceitos, mas sim de um comportamento natural que todos possuímos e apresentamos rotineiramente.

Então, por mais óbvio que pareça ser, é importante manter uma boa aparência quando você ir em uma entrevista de emprego.

Porém, fica uma dúvida: O que é uma boa aparência?

A interpretação, de forma geral, do que é uma boa aparência varia muito de uma pessoa para outra.

É natural que cada um goste e se sinta à vontade com diferentes tipos de vestimentas.

Porém, uma boa aparência, em uma entrevista de emprego, está relacionada a outra ideia.

Essa ideia é sobre qual informação você gostaria de passar para quem estará te avaliando na entrevista de emprego.

Se considerarmos a área de nutrição, por exemplo, as pessoas usualmente preferem profissionais com a aparência condizente com a ideia de saúde ou vida saudável.

E para você, profissional do Agronegócio, que ideia você gostaria de passar em uma entrevista de emprego?

Se você está concorrendo a uma vaga na área comercial de uma empresa, você provavelmente quer passar a ideia de ser uma pessoa comunicativa e com habilidades de negociação.

Então, será que o seu visual pode influenciar nisso?

Com certeza, a sua aparência pode contribuir para que os entrevistadores acabem escolhendo você.

Não estamos dizendo para que você abandone seu estilo.

O objetivo é que você não esqueça de investir algum tempo pensando no melhor visual para a entrevista de emprego.

Você pode encontrar algumas dicas sobre visual para diferentes tipos de entrevista de emprego neste link.

 

Gestão de carreiras e marketing pessoal no Agronegócio
Gestão de carreiras e marketing pessoal no Agronegócio

 

2. Prepare-se para perguntas frequentes em entrevista de emprego

É verdade que a entrevista de emprego pode variar muito de uma empresa do Agronegócio para outra.

Entretanto, existem algumas perguntas que aparecem em quase 100% das vezes.

Então, se você estiver preparado previamente para elas, suas chances de não ficar nervoso e responde-las adequadamente crescem.

As perguntas a seguir são, usualmente, feitas em entrevista de emprego:

Fale, resumidamente, sobre você.

Quais seus pontos fortes e fracos?

Fale sobre uma vez que você precisou lidar com algum desafio no trabalho.

São perguntas simples que, caso você seja pego de surpresa, podem gerar desconforto para respondê-las durante a entrevista de emprego.

Por isso, pense previamente no que você gostaria e acha importante falar.

Quando falar sobre si mesmo na entrevista de emprego, faça uma breve descrição da sua trajetória acadêmica e profissional que tem relevância para a vaga.

Não desperdice seu tempo falando sobre fatos irrelevantes ou tópicos da sua vida pessoal que não tem ligação com a vaga e a entrevista de emprego.

É o momento de falar sobre estágios, cursos e outras experiências que podem contribuir para o desempenho no trabalho e que contribuíram muito para o seu desenvolvimento profissional.

Em geral, falar sobre nossos pontos fortes é mais fácil do que nossos pontos fracos, pois podemos ficar desconfortáveis ao falar de algum ponto que ainda precisamos melhorar.

Porém, é importante que você seja sincero na entrevista de emprego, afinal, ninguém é perfeito e sempre há algo em que ainda podemos melhorar.

Dizer que é ansioso e perfeccionista pode não ser a melhor alternativa, pois é uma resposta que os recrutadores já escutaram muitas vezes e não vai contribuir muito para que você seja escolhido.

Possivelmente, existe outro tópico mais relevante que você pode citar.

Por exemplo, se você acha que ainda pode melhorar a organização do tempo para execução de tarefas na sua rotina, essa pode ser uma alternativa.

Eventualmente, se você ainda não tem experiência de trabalho, não diga que nunca precisou lidar com nenhum desafio.

Comente que apesar de nunca ter tido experiência profissional, você já precisou demonstrar liderança em algum trabalho em grupo na faculdade e descreva as condições em que isso ocorreu.

Se não for o caso, certamente, existem outros exemplos da vida acadêmica que você necessitou demonstrar qualidades e podem ser relatados na entrevista de emprego.

Fale sobre isso nesse momento, pois relatar somente que nunca vivenciou nenhuma experiência desse tipo não é o mais adequado.

3. Estude a empresa e a vaga para a entrevista de emprego

Vá preparado para a entrevista de emprego.

Essa é uma forma eficiente de mostrar que você está interessado e se dedicou para conseguir a vaga.

É claro que você não precisa ter conhecimento detalhado sobre a empresa, seus produtos e a vaga já na entrevista de emprego.

Porém, não seria bem visto pelos recrutadores que você não tivesse conhecimento nem de aspectos mais gerais da empresa.

Ora, se você não sabe nem o que a empresa faz, por que iria querer trabalhar nela?

Informações sobre o principal negócio, a visão e a missão da empresa, assim como as principais atribuições do emprego, são importantes para enriquecer suas respostas durante a entrevista.

Por exemplo, hoje é muito comum que as empresas invistam na sustentabilidade ambiental e social do seu negócio.

Diversas práticas de economia de água e energia evidenciam essa preocupação das organizações.

Tais atividades são bem vistas pela opinião geral da sociedade e, por isso, também funcionam como uma forma de marketing, tornando os produtos da empresa melhor vistos no mercado.

Sendo assim, se você verificou informações desse gênero no website da empresa ou em outros meios de comunicação, é possível explorar seu conhecimento e ideias voltadas para esses assuntos.

Além de demonstrar que você conhece o negócio da empresa, isso evidenciará alinhamento entre o seu perfil e o da empresa.

Esse, com certeza, é um fator fundamental na entrevista de emprego.

Muitas vezes, a aderência com o perfil da empresa pode ser mais importante que até mesmo o conhecimento técnico.

Isso acontece porque o conhecimento técnico, até certo ponto, é mais facilmente desenvolvido através de treinamentos e programas de desenvolvimento de recursos humanos.

Por outro lado, o perfil da empresa é algo muito valorizado, pois ele é entendido como o fator responsável pelo sucesso e crescimento da organização até o presente momento.

Então, embora seja bom que você tenha pensamento e ideias inovadores, não é o perfil da empresa, ou seja, as raízes dela, que você precisará mudar.

Pelo contrário, é importante que o seu perfil seja aderente ao da empresa, caso contrário, uma contratação não seria boa para nenhum dos dois lados.

4. Venda seu peixe na entrevista de emprego

Vender seu peixe na entrevista de emprego é, simplesmente, não esquecer de destacar suas principais virtudes que são importantes para a vaga.

Em outras palavras, você deve deixar o mais claro possível as razões pelas quais os recrutadores devem lhe contratar.

Não esqueça de evidenciar os aspectos mais relevantes para a vaga.

Qualidades desnecessárias para o desempenho do cargo não necessitam ser mencionadas no pouco tempo que você terá para falar na entrevista de emprego.

Por isso, mais uma vez, é importantíssimo que você esteja preparado para a entrevista de emprego.

Por exemplo, se você está tentando uma vaga para representante técnico comercial de uma empresa de fertilizantes, essa é a hora de falar sobre sua experiência com adubos, nutrição de plantas e vendas.

Logo, aproveite os ganchos que os entrevistadores deixarem e discorra sobre experiências importantes que você já teve.

Essas experiências devem incluir situações em que você precisou lidar com imprevistos, casos em que você trabalhou em grupo ou eventos que exigiram comprometimento extraordinário de você.

Caso você nunca tenha estagiado ou trabalhado, especificamente, nessa área, reflita sobre quais outras habilidades você desenvolveu ou possui e podem ser importantes.

Cursos sobre técnicas de vendas e marketing, conhecimento sobre o mercado de fertilizantes ou até mesmo experiências bem-sucedidas em outras áreas são tópicos que você pode abordar.

Em resumo, você deve sempre explorar seus pontos positivos na entrevista de emprego conforme o que a vaga demanda.

Desse modo, outra dica importante é nunca perder oportunidades de se qualificar e atualizar constantemente.

Aproveite, sempre que possível, seminários e congressos técnicos voltados ao Agro para manter seu conhecimento e currículo em dia.

5. Seja sincero na entrevista de emprego

Uma pessoa dedica cerca de 8 horas do seu dia ao trabalho. Portanto, um terço do nosso tempo de vida corresponde ao que fazemos nesse ambiente.

Por isso, é muito importante estar apto para atuar na vaga em disputa.

Não existe ser “aprovado” ou “reprovado” em um processo seletivo. Os recrutadores gostam muito de utilizar a palavra “aderência à vaga”, que na verdade nada mais é do que descobrir se você possui ou não o perfil desejado para aquela vaga.

Se você não gosta da área comercial e prefere trabalhar com pesquisa e desenvolvimento, não esconda isso.

Você pode até conseguir enganar os recrutadores e conquistar a vaga, mas dificilmente você irá ter estabilidade em um emprego que exige conhecimentos, habilidades e atitudes que você não possui.

Então, o melhor caminho é sempre deixar claro suas aspirações profissionais e as atividades que gostaria ou não de executar.

Além disso, não diga que você possui qualificações se realmente não as possuir.

Algumas vagas exigem nível avançado de inglês ou Excel, por exemplo.

Nesse caso, não afirme que você possui essas qualificações se não for o caso.

Mais cedo ou mais tarde, essas qualificações serão aferidas pela empresa e é extremamente desagradável descobrir que um candidato ou alguém prestes a ser contratado agiu de má fé e mentiu sobre isso.

O recrutador pode, por exemplo, dizer que irá terminar a entrevista em inglês. Imagine a “saia justa”.

A melhor saída é investir na sua qualificação para a entrevista de emprego desde agora e não deixar para lembrar da importância dela somente quando você precisar e não ter tempo hábil para consegui-la.

Por isso, não perca tempo, invista em você, seja um profissional de excelência no Agro.

 

JUNTE-SE A MAIS DE 15.000 PROFISSIONAIS
Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos

JUNTE-SE A MAIS DE 15.000 PROFISSIONAIS
Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos

E-book empreendedorismo para profissionais do Agronegócio
E-book empreendedorismo para profissionais do Agronegócio